Início » Dicas e curiosidades » Tradições e festas de Carnaval em Portugal: como se vive o espírito de folia por todo o país?

Tradições e festas de Carnaval em Portugal: como se vive o espírito de folia por todo o país?

Nas próximas linhas, fique a conhecer as mais variadas e caricatas tradições de carnaval celebradas em terras lusas.

O conceito Carnaval é de origem incerta. Antigamente representava um festival religioso, primitivo, pagão que tinha o objectivo de homenagear o início do Ano Novo e o renascimento da natureza. No entanto, rezam as lendas ancestrais que as suas primeiras manifestações ocorreram nos tempos dos romanos e césares. 

Do Norte até ao Sul do país, passando pelas ilhas, o Carnaval é sinónimo de folia, de fantasia e de tradição. São três dias de farra, onde é permitido qualquer espécie de brincadeira até porque é “Carnaval e ninguém leva mal”, já dizia o célebre ditado popular. Actualmente, em Portugal, o evento carnavalesco assume um papel de extrema importância por “desmascarar” figuras políticas em cortejos humorísticos. De ano para ano, os foliões esforçam-se por exibir os mais hilariantes bonecos mascarados nos carros alegóricos, assim como organizam os corsos e importam o samba, mas sempre com a identidade portuguesa bem enraizada. 

Nas próximas linhas, fique a conhecer as mais variadas e caricatas tradições de carnaval celebradas em terras lusas.

Torres Vedras

Quem não conhece o afamado carnaval de Torres Vedras? É um espectáculo muito admirado por todo o país devido à sua carga satírica político-social. É diversas vezes caracterizado como “o Carnaval mais português de Portugal” e realiza-se durante seis dias. Todos os anos, as tão famosas matrafonas saem à rua e marcam presença obrigatória, transformando os homens em personagens femininas, com engraçadas indumentárias. Outras figuras cómicas, como os “cabeçudos” (representações artísticas únicas com o formato de uma cabeça gigante num corpo pequeno) marcam comparência no carnaval desde 1935, e os Zés Pereira, um grupo de homens que tocam instrumentos musicais, tais como bombos, gaitas de foles, entre outros.

Bragança

Na cidade de Macedo de Cavaleiros, em Bragança, surgem os protagonistas mais carnavalescos do país, os populares Caretos de Podence, representando um dos costumes mais tradicionais de Portugal. Esta é uma tradição que é transmitida de geração em geração por largos anos. Inúmeros rapazes e homens juntam-se com trajes em tons coloridos, onde predominam o amarelo, o vermelho e o verde, máscaras em zinco de nariz bicudo vermelhas e/ou pretas, e sem esquecer os chocalhos à cintura, de modo a provocar o caos na aldeia. Alvo preferido? As mulheres solteiras não se escapam. Na terça-feira de Carnaval é realizado a Queima do Entrudo. 

Alcobaça

“A vida são dois dias e o Carnaval três”, mas em Alcobaça a festa prolonga-se por cinco dias seguidos, onde não falta animação, música e muito samba para tirar o pé do chão. Por isso, o Carnaval de Alcobaça foi consagrado como o “mais brasileiro de Portugal”. O epicentro da festa é na Praça 25 de Abril, ao lado do Mosteiro de Alcobaça, onde se reúnem miúdos e graúdos para uma comemoração inesquecível.

Madeira

Na ilha da Madeira, os cortejos de carnaval são também o ponto alto das festividades da região. Milhares de turistas viajam até à ilha para se divertirem e assistirem aos desfiles das trupes carnavalescas, como o Grande Cortejo Alegórico, onde o samba marca o ritmo, a Festa dos Compadres, o Carnaval infantil e, por fim, o mais popular e autêntico no cartaz turístico, o tradicional Cortejo Trapalhão, no qual todos os espectactores são convidados a participar com um disfarce à sua escolha.

Desejamos-lhe um Feliz Carnaval cheio de alegria e de diversão!